BEM-VINDOS A SUA PRIMEIRA FONTE DE VAMPIRE ACADEMY NO BRASIL

02 outubro 2010

Parece que a proibição dos livros de VA estão dando o que falar. Mais uma matéria foi postada na internet. Chris Simms do site ComicAlliance e amigo de Richelle Mead fez uma pequena entrevista à própria a respeito disto. Abaixo segue a matéria traduzida:

Vampire Academy, Richelle Mead

Quando Stephenville, Escola Independente do Distrito do Texas, decidiu saltar para o vagão de punição, eles foram com tudo. Não apenas baniram o livro de Richelle Mead ” Vampire Academy” , como também baniram a série inteira, incluindo livros que ainda nem foram lançados.

Colocando de lado o momento que a Suprema Corte teve, nas palavras de Walter Sobchak, uma rejeição prévia de censura…

walter sobchak, veterano

…Eu na verdade tenho que respeitar que Stephenville EID está tão comprometida com a censura que eles estão estilhaçando o contínuo tempo-espaço para literalmente banir livros do futuro. É uma das coisas mais bizarras que eu já ouvi.E esta entrevista apenas acontece porque Richelle Mead é na verdade uma amiga minha, então eu era capaz de fazê-la falar sobre o assunto:

ComicAlliance: Como é ter um livro banido no futuro?

Richelle Mead: Eu primeiro ouvi sobre a proibição de um artista de ficção cientifica que mora no Texas e é muito pró-ativo sobre artes e muito pequeno por lá. A parte do FUTURO veio de uma máquina do tempo especial. Er, na verdade, eu descobri a parte do futuro de um outro amigo do FaceBook. Que pode ou não pode ser do futuro.

Mas seriamente responde a questão, a situação é mais divertida pra mim do que qualquer outra coisa. Primeiro, porque eu ouvi sobre “livros banidos”, eu pensei nos maiores — Harper Lee, J.D. Salinger. Como Vampire Academy está nesse ranking está além de mim.

Segundo, eu posso entender como qualquer quadro veio com esta lista no pensamento do Texas, eles estavam fazendo uma coisa boa. Porém, o fato deles terem banido a série em sua totalidade– antes do conteúdo poder ser revisado– faz isto dificilmente ser levado à sério. Isto me faz pensar em apenas como cuidadosa a revisão foi. Não que eu aprovaria ou baniria mesmo que alguém tenha lido o livro umas cem vezes. Isto parece irreal.

CA: Isto fala que você foi banida por “conteúdo sexual ou nudez”

Mead: Bem, aqui vai um alcance do conteúdo. No livro 1, roupas são tiradas e seguidos por amassos.No livro 2, dois adolescentes fazem (protegidos) sexo essencialmente fora das câmeras. No livro 3, sexo de novo, bem escurecida. Livro 4, amassos. Livro 5, amassos pesados semi-vestidos. E livros 6, não disponível pro público.

CA: Eu acho que você quer dizer “Apenas disponível pro PÚBLICO DO FUTURO.”

Mead: Sim. É exatamente o que eu quis dizer.

Eu aplaudo a escola do distrito pelo seu pensamente pra frente e pela iniciativa em banir livro no futuro, e aguardamos a legislação local finalmente colocar um fim ao espaço da droga e ao crime Jet-Pack.

Então o que derrota uma proibição no futuro?

Para ver a matéria completa em inglês, clique aqui.

Tradução Mariana Cataldi